sábado, 21 outubro 2017
Aviso

COMUNICADO
  1.      Os Jogos Universitários "Interfef" ocorrem dentro de um Projeto Acadêmico alicerçado nas atividades culturais e desportivas que buscam atuar em favor à universalização e aprimoramento da educação. Estas ações são estimuladas pela Lei n° 9.394/1994, pelo Decreto nº 6.180/2007 e pelo Plano Nacional de Educação.

         Assim, o "Interfef", está inserido no Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI), faz parte das atividades letivas regulares da IES e dos cronogramas das disciplinas dos cursos. Desta forma as atividades são acompanhadas obrigatoriamente da FREQUÊNCIA DE TODOS OS ALUNOS e não só dos atletas devidamente inscritos nos jogos.

  • Imagem da Galeria da Notícia: Docentes do curso de Fonoaudiologia participam de Congresso em Salvador
  • Imagem da Galeria da Notícia: Docentes do curso de Fonoaudiologia participam de Congresso em Salvador
  • Imagem da Galeria da Notícia: Docentes do curso de Fonoaudiologia participam de Congresso em Salvador
  • Imagem da Galeria da Notícia: Docentes do curso de Fonoaudiologia participam de Congresso em Salvador

Docentes do curso de Fonoaudiologia participam de Congresso em Salvador

 

Recentemente foi realizado na cidade de Salvador/BA, o XXV Congresso Brasileiro de Fonoaudiologia. Neste ano, o tema discutido foi a “Integralidade na formação e no cuidado”. Além de palestras, apresentações de trabalhos científicos, minicursos e atrações culturais, foi realizada a 5ª Reunião de Coordenadores do Curso de Fonoaudiologia do país, com a presença de 72 representantes.

O curso de Fonoaudiologia da FEF participou ativamente desta edição, com a presença das professoras Aline Vassoler, Anelize Negrão, Janaina Bosso e Silvia Ferreira. O aluno Enoque Dantas, do 8º semestre, também participou do evento, sendo apresentados dois trabalhos produzidos pelo corpo docente e por alunos.

Durante a reunião de coordenadores, Janaína, profa. e coordenadora do curso de Fonoaudiologia da FEF debateu o perfil do curso no Brasil e o resultado da Fonoaudiologia em relação ao Enade (Exame Nacional de Desempenho de Estudantes). Ela ainda foi convidada a compor a mesa de debate dos trabalhos científicos, além disso, foi moderadora da mesa redonda de tema “Processamento Auditivo Central e Fluência”. De acordo com a coordenadora “a participação em congressos desse porte é de extrema importância para o curso e seu corpo docente”.

Para o estudante Enoque, “o XXV Congresso Brasileiro de Fonoaudiologia foi de suma  importância para mim como aluno do último semestre do curso de Fono, pois tive a oportunidade de aprender ainda mais sobre as áreas específicas do curso, me atualizar sobre os temas de trabalhos científicos que estão sendo realizados atualmente, e ainda conhecer os grandes nomes da Fonoaudiologia do país”, disse o aluno.

Mais Notícias

Faça seu comentário

Seu e-mail não será exibido!



Ir para o topo